segunda-feira, 5 de março de 2012

Deixe sua Luz Brilhar















Assim brilhe também vossa luz diante dos homens, para que vejam a vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus”
(Mateus 5:16).

Esta declaração feita por Jesus a seus discípulos chama-nos também a atenção para o nosso jeito de pensar e interagir na vida. Que tipo de imagem nós estamos tentando projetar para pessoas que nos cercam? Quanto de hipocrisia há em nossas ações? Por acaso o falso e o verdadeiro estão se misturando em nós? O que somos, de fato, pode ser visto às claras pelos outros? Estas e outras interrogações poderão revelar pelo menos um pouco sobre nós quando a questão em pauta for o testemunho cristão.

A metáfora da luz usada no texto traduz-nos a idéia de um brilho significante, algo que inevitavelmente deverá ser percebido. Segundo o pensamento de Jesus, quando a luz é colocada no lugar apropriado tem como resultado a iluminação de todo o ambiente. Traduzindo isso para dinâmica da vida, você é essa luz que deverá encher e modificar o ambiente onde você interage na maior parte do seu tempo. Sua influência deverá modificar o ambiente e o comportamento das pessoas. Pense no seu ambiente de trabalho em como você poderá se tornar uma presença abençoadora quando sua luz começar a brilhar. Pense também no ambiente familiar, na escola, igreja, roda de amigos, o quanto sua presença poderá ser significativa.

Deixar a sua luz brilhar é uma condição inevitável, uma vez que você já foi convocado para isso. Mas esse brilho poderá ser ofuscado quando suas atitudes forem contraditórias, quando suas palavras não corresponderem a suas ações e sua imagem projetada não refletir o caráter de Cristo em você. Se há algo que Jesus combateu veementemente, foi a hipocrisia religiosa do seu tempo, uma vez que a ela revela falta de autenticidade. O hipócrita não está alinhado com a verdade e, portanto, não tem luz para oferecer.

Jesus quer que as nossas obras de justiça sejam vistas e admiradas pelos homens, porque quando isso acontece, Deus é glorificado. Isso significa que nos tornamos o resplendor de sua glória por intermédio do caráter de Cristo impregnado em nós. Comece agora mesmo a fazer uma radiografia do seu interior. Peça a Deus para sondar o seu coração e mostrar a você os caminhos tortuosos que necessitam ser endireitados. Deixe sua luz brilhar e modificar o ambiente e as pessoas que te cercam. Deixe Cristo ser conhecido por seu intermédio. Permita que as pessoas vejam a Glória de Deus através do seu jeito de ser e agir.

Prof. Pr. Evanildo Ferreira da Silva

Igreja Batista Monte Sinai

Montes Claros, MG

3 comentários:

Evanildo F. Silva disse...

Penso ser uma necessidade urgente a vivência de valore éticos em nosso dia-a-dia.

LUIZ FELIPE FBSV disse...

Que bênção essa palavra, pastor!

Ciranda Cirandinha disse...

Parabéns ao professor pelo seu dia